Todo azar é sorte



Boom boom kid é uma banda da Argentina que eu amo muito. No mês de novembro de 2005 eles vieram tocar aqui. 2 shows em São Paulo. Eu perdi o primeiro porque passei o sábado fazendo trabalho na faculdade. Eu e o Diego precisavamos nos superar e salvar nosso grupo. Fui correndo pra Augusta mas cheguei quando o show tinha acabado de acabar. Era um momento tenso na minha vida, fim de semestre, sem dinheiro, querendo mudar de emprego, prestes a me mudar de casa, querendo terminar um namoro bizarro. Fui pra casa triste, pessimista, cansada e pensando no azar que era ser quem eu sou. Me senti no direito de me afogar na noite de sábado, em alguma coisa que me fizesse esquecer, uma bebida, de preferência. Liguei pra Bela, que ia passar o final de semana no Rio, e por ironia ela já tinha voltado pra São Paulo e me convidou pra ir no fechamento do FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica). Eu não sabia o que era pior, ficar em casa com meu azar, ou sair de casa com meu azar. Fui sozinha, pessimista, longe, de ônibus, cheguei cedo, fiquei sozinha um tempão, minha calça tava rasgada, fazia muito frio. Aos poucos as coisas começaram a acontecer, as pessoas começaram a chegar, as conversas começaram a surgir e eu conheci ali meia dúzia de pessoas X com assuntos randômicos.

Distraída eu conheci o homem da minha vida. Ele sabia meu nome, sentamos na escada, conversamos, eu descruzei os braços dele enquanto ouviamos uma banda ruim que eu achava boa, voltamos pro frio, conversamos o tempo todo rodeados por tantos outros, nos abraçamos, andamos por lá, pensamos em sair, enquanto os outros iam, nós ficamos, sentamos atrás de um sofá branco sujo. Ele se deitou no meu colo, nos beijamos. Já se passaram cerca de 6 horas. O tempo passou rápido, já era cedo. Como estavámos distraídos. Vamos embora? Vamos. Andamos e andamos, minha calça rasgou mais, e no metrô uma despedida rápida, linhas diferentes, ficamos só no nome. Sem telefone, sem e-mail. Amor, de 5 de novembro, pra sempre. Desde antes do amanhecer.

3 comentários:

tem coisa mais bonitinha nessa vida??

24 de agosto de 2009 13:17  

aaaaaaaaaaaaahh!!! o que seria de nós sem nossos amores!!!

24 de agosto de 2009 14:39  

<3

25 de agosto de 2009 19:17  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial